CARREGANDO...

Formatação de Franquias

Formatação de franquiassaiba tudo sobre o método mundialmente reconhecido como o mais eficiente e lucrativo para expansão de marcas.

Pronto! Após período de trabalho árduo, sua empresa alcançou o tão desejado sucesso. Operação sólida e padronizada, ótimo faturamento e rentabilidade, clientes satisfeitos, retornando e indicando a sua loja para outras pessoas.

Chegou a hora de pensar em expandir os negócios. Continue lendo este artigo e descubra como sua empresa pode dar o primeiro passo no processo de formatação de franquias e porque este método é mais vantajoso quando comparado a outros métodos de expansão.

Formatação de Franquias: o que é?

Formatação de franquias é um método que consiste em preparar a sua empresa para a concessão de franquias de forma legalizada e profissional.

Deve ser desenvolvida por empresas de consultoria especializadas em Franchising, a partir de uma metodologia que consiste em “mergulhar a fundo” na empresa do cliente para levantamento financeiro, administrativo e operacional da empresa.

A partir desses levantamentos, é elaborada a metodologia de Formatação da Franquia, que consiste em Manualizar processos e produzir instrumentos contratuais de acordo com o que é exigido pela legislação brasileira que rege o setor.

Formatação de Franquias: como funciona?

O processo de Formatação de uma franquia inicia-se com a análise de Franqueabilidade, incluindo Estudo de Viabilidade Financeira.

Constatada a viabilidade para expansão através de franquias, são elaborados os documentos legais: Circular de Oferta, Contrato e Pré-contrato da Franquia.

Faz parte também de um completo processo de formatação descrever todos os processos administrativos e operacionais padronizados, em manuais específicos, permitindo que tais processos sejam reproduzidos pelos franqueados da Rede.

Toda empresa que queira atuar no mercado como franqueadora precisará organizar seus conhecimentos e experiências e contar com um método próprio, ajustado à sua realidade para se expandir em rede.

As fases do processo de formatação de Franquias

MDS Franchising & Negócios, empresa com experiência de mais de 20 anos em formatação de franquias, desenvolveu um método próprio de preparação das empresas para se tornarem franqueadora, sintetizado nas 4 fases abaixo:

Fase I – Franqueabilidade

Principais atividades: avaliar a viabilidade financeira do negócio franquia, analisar o modelo de negócio em operação, seu poder de replicabilidade, diferenciais no mercado e critérios para expansão da marca.

Objetivos desta Fase:

  • Definir a viabilidade financeira do modelo de negócio a ser replicado através de franquias;
  • Definir o potencial de expansão do negócio, de modo a conduzir a operação através do Sistema de Franquias por caminhos mais seguros, visando alcançar mais exatidão à medida que a Formatação for se desenvolvendo.

Fase II – Documentação legal

Principais atividades: elaborar a Circular de Oferta da Franquia – COF, Pré Contrato e Contrato de Franquia.

Objetivos: atender as determinações da Lei 8.955/94 – Franquia Empresarial apresentando, através da COF, todas as informações sobre a franquia e a empresa franqueadora, de forma clara e transparente e definindo através do Contrato de Franquia os direitos e deveres das partes bem como todas as regras e padrões de operação e administração a serem seguidos pelos franqueados.

Fase III – Modelagem Funcional

Principais atividades: analisar e padronizar os processos administrativos e operacionais gerando os Manuais do Franqueado e do Franqueador.

Objetivos: instrumentalizar a franqueadora para que faça a transferência do seu Know-how para os franqueados e equipe de forma precisa e adequada, repassando todos os padrões definidos e testados.

Fase IV – Implantação

Principais atividades: fornecer as informações e documentos necessários para divulgação da franquia e seleção dos candidatos pela Franqueadora e treinar a equipe na expansão e suporte à rede.

Objetivos: capacitar a franqueadora para comercializar, implantar franquias e gerenciar a sua rede.

Formatação de Franquias x outros métodos de expansão: vantagens e desvantagens

O empresário que deseja expandir os seus negócios pode optar pela abertura de novas unidades próprias (filiais), pelo sistema de Franquia ou ainda pelo Licenciamento da Marca. Esse último tem alguma semelhança com o Franchising, porém não é regulamentado por uma Lei específica, e muitas vezes trata somente do licenciamento do uso da marca por determinado período, sem transferência efetiva de know-how e padronização de processos operacionais.

Para expansão com abertura de filiais, o empresário tem que investir recursos próprios, administrar à distância, enfrentando muitas vezes grandes dificuldades devido à falta de pessoas qualificadas para comandar suas lojas. Através do sistema de franquias, os empresários atentos à evolução do mercado, descobriram a forma de crescer, sem ter que investir recursos próprios na abertura de novos pontos. E, o mais importante, contando com pessoas qualificadas e comprometidas com a qualidade e o desenvolvimento do negócio, seus franqueados.

Por que optar pela formatação de Franquia?

Naturalmente para que a empresa franqueadora possa entregar aos franqueados o que ela está efetivamente vendendo – acesso a marca e know-how – será necessário estabelecer padrões, regras, normas e procedimentos operacionais que deverão ser obedecidos, replicados pelos franqueados, com o propósito de alinhar toda a rede com o conceito de negócio, com o modo de operação e organização da empresa franqueadora.

Está gostando deste texto e quer entender mais sobre o processo de Formatação de Franquias?

Preencha o formulário abaixo que o Consultor Carlos Ruben Pinto entrará em contato:

Outra importante razão para se formatar uma franquia é saber que o mercado de franquias é bem competitivo, são mais de 3.000 marcas que atuam hoje no sistema de franchising no Brasil, e certamente, o empresário franqueador não vai querer entrar no Franchising sem diferenciais e sem condições de promover o crescimento de seu negócio. Franquia é para crescer!

Crescer com o Sistema de Franquias

O Sistema de Franquias é uma das formas mais usadas para promover o crescimento lucrativo das empresas. Se sua empresa está pronta para iniciar um processo de expansão, o sistema de franchising é a melhor opção, contudo é importante pensar também em desenvolver uma franquia com uma proposta de valor que seja inovadora.

Os candidatos a franqueados buscam é isso: um negócio que seja inovador, competitivo e consequentemente lucrativo. Assim, para formatar sua franquia o empresário deve estar consciente de que precisa transferir seu know-how, de forma mais completa possível.

Para isso, precisa contratar os serviços de empresa de consultoria, com grande experiência em projetos de formatação nos mais variados segmentos de negócio e o completo domínio de métodos de trabalho que realmente modele e estruture a sua empresa para operar e crescer com o Sistema de Franquias.

Formatação de Franquias: entregando métodos profissionais de gestão

Um processo completo de formatação profissional de franquia abrange várias fases que começa com uma análise para definir se o negócio é realmente franqueável.

Passa pela viabilidade financeira, análise do mercado, estruturação interna da empresa para bem operar o seu sistema de franquias, e a preparação de sua equipe.

Todos devem ser devidamente treinados, especialmente nos princípios básicos do franchising, no conhecimento da Lei 8.955/94 – lei brasileira de franquias, entre outras informações relevantes.

Para cumprir as exigências da Lei de Franquias, a empresa precisa ter sua Circular de Oferta de Franquia cuidadosamente elaborada com todas as informações fornecidas de forma clara e verdadeira.

O Contrato de Franquia deve ser bem ajustado à realidade do seu conceito de negócio e segmento de atuação, com total clareza em relação ao cumprimento dos padrões definidos para a franquia, bem como dos direitos e deveres de cada uma das partes.

Como franqueador, o empresário também precisa ter segurança para operar o seu próprio sistema de franquias, afinal, a empresa estará cedendo temporariamente sua marca e seu know-how para outro empresário operar a franquia em um território bem definido.

Isso faz com que seja necessário organizar toda a experiência e conhecimento da empresa em Manuais da Franquia. São esses manuais que se tornarão a ferramenta básica de treinamento e efetiva entrega do seu padrão de operação e método de trabalho, que foram ajustados para tornar sua operação um sucesso, principal razão de novos empresários aderirem ao seu sistema de franquias.

E assim, o franqueador poderá cumprir melhor sua missão e fazer a diferença no mercado: entrega de métodos profissionais de gestão, que serão multiplicados por terceiros, os franqueados.

É assim, com uma formatação de franquias profissional e com uma equipe capaz de oferecer suporte à rede que o empresário e futuro franqueador irá se sentir mais seguro e, naturalmente, poderá conquistar a confiança e ter a lealdade e o comprometimento de seus futuros franqueados. Por outro lado, os franqueados sabem que os conhecimentos são importantes para operar o negócio, e querem se sentir seguros para investir na implantação da franquia, visando operar de forma mais segura e se apresentar profissionalmente no mercado.

Como Formatar uma franquia para ter uma rotina empresarial adequada

Elaborar um projeto de formatação de uma franquia exige métodos, experiências, conhecimento do segmento e do mercado e ótima capacidade de análise.

É importante ainda ter ferramentas de trabalho e de modelagem, conhecimento de gestão e capacidade de propor inovações. A elaboração de Manuais da Franquia bem estruturados exige boa capacidade de síntese, habilidade de escrever bem, para passar as informações de forma clara e didática de todos os padrões operacionais da franquia.

Todo o processo de formatação de franquias é integrado, da concepção da Circular de Oferta da Franquia ao Contrato de Franquia até os Manuais do Franqueado.

É importante gerar também os manuais de gestão do Franqueador, incluindo o Manual de Supervisão de Campo, criando assim, as ferramentas de suporte e supervisão da rede, além do treinamento para utilização prática desses manuais.

O trabalho do franqueador gira em torno de oferecer padrões para proporcionar aos franqueados uma rotina empresarial adequada, com todas as ferramentas e conhecimentos que possam levar ao melhor resultado operacional.

A Liderança do Franqueador

A formatação de uma franquia deve ter como objetivo promover a cultura da empresa e alinhar a rede com os valores da empresa.

E ainda repassar aos franqueados as informações necessárias para que possam fazer o certo, de modo que contribuam para o crescimento da rede e obtenham resultado satisfatório com a diferenciação, aproveitando os pontos fortes da marca.

Há ainda outro ponto fundamental para o resultado efetivo de uma Formatação de Franquia, que é preservar na rede a Liderança do Franqueador, que deve também ser bem apresentada aos candidatos a franqueado.

Sem essa liderança nada vai acontecer, entra-se em estagnação e os franqueados e suas equipes acabam desmotivados com a marca. Ou seja, liderar no Franchising quer dizer: inspirar confiança; ter conhecimento técnico e gerencial; apresentar um conceito de negócio singular e bem definido; dominar a prática ou ter a experiência necessária no negócio; ter métodos para aprender e ensinar.

Franquia: multiplicação de negócio lucrativo

A formatação de uma franquia precisa considerar, antes de tudo, que o Franchising deve ter como premissa multiplicar negócios que sejam lucrativos e que tenham resultados para os dois lados do negócio, franqueador e franqueado.

Formatar quando o negócio for, sobretudo, lucrativo, quando o empresário entender que para crescer será necessário ter um orçamento para o crescimento – investir para mudar o rumo.

Formatar quando a empresa entender que o Franchising é bom quando o crescimento é orgânico, baseado em produtos e/ou serviços diferenciados, que agregam valor para os clientes, que atende as necessidades da rede, que tenha um bom marketing, aliás elemento fundamental para gerar as receitas e promover o crescimento sustentável no longo prazo.

Quanto custa uma Formatação de Franquias

Não é possível definir aqui quanto custa formatar uma franquia, pois o valor dos serviços contratados dependerá diretamente da complexidade do projeto, das necessidades do cliente e do perfil do negócio.

Além disso, é preciso considerar os demais investimentos que o empresário precisa fazer, pois não se pode conceder franquia e não ter estrutura para treinar e acompanhar o franqueado. Não se pode conceder franquia somente a partir de um contrato.

Não basta que a marca tenha charme, é fundamental todo um preparo para lançar essa marca no mercado, que inclui como já foi dito, comprovar a rentabilidade do negócio, planejar a expansão e o cumprimento de todas as etapas de padronização, manualização da franquia e documentação legal. Caso contrário, a marca corre o risco de aparecer na imprensa denegrindo um sistema, que quando bem feito, tem sido sucesso no mundo inteiro.

Conclusão

Ao optar pelo método de formatação de franquias o empresário tem a possibilidade de contar com a força de um setor que cresce mais de dois dígitos anuais há mais de 10 anos além, claro, de contar com franqueados parceiros para trabalhar em conjunto no crescimento e sucesso da marca.

Porém, vimos no texto que para alcançar esses benefícios é de extrema importância que o empresário escolha a melhor Assessoria em Franchising. Uma empresa experiente e conceituada, como a MDS Franchising, é capaz de oferecer não só um ótimo serviço de Formatação da franquia, como também todo o suporte necessário para o sucesso da sua empresa. Para nós, excelência e comprometimento com o sucesso do cliente, não é apenas uma qualidade e sim uma obrigação.

Gostou deste texto e quer entender mais sobre o processo de Formatação de Franquias?

Preencha o formulário abaixo que o Consultor Carlos Ruben Pinto entrará em contato: